O que você procura no blog?

O melhor lugar para encontrar serviços e informações. Simples, eficiente e rápido.

populares Jornal, Manaus, Durango Duarte, Blog do Durango
31 de dezembro de 2015 às 08:10.

A Borracha XXXVIII

compartilhar

“Cada “estrada” pode possuir, geralmente, de 150 a 200 árvores, dispostas em grande extensão, devido a pouca densidade de seringueiras por hectare”.

Durante a estação, a coleta do látex é diária. Sai o seringueiro ao amanhecer, com suas armas e petrechos, e vai fazendo a incisão nas árvores, prendendo na base de cada sangria uma tijelinha para captar o leite.

Após a incisão das “madeiras” volta o seringueiro à sua cabana. Mais tarde percorre novamente a “estrada” colhendo num balde o leite que escorreu e se depositou nas tigelas, recolhendo também o “sernambi”, látex coagulado na superfície das incisões, ou no tronco da árvore.

Feita a coleta, procede à defumação – as técnicas de coleta da borracha descritas por Casio Fonseca, agregam informações às já contadas pormenorizadamente  por Richard Spruce. Para isso derrama o seringueiro o conteúdo do balde (em média de 7 a 10 litros; nos altos rios, de 10 a 20) numa bacia.

Comentários