O que você procura no blog?

O melhor lugar para encontrar serviços e informações. Simples, eficiente e rápido.

populares Jornal, Manaus, Durango Duarte, Blog do Durango
14 de maio de 2015 às 17:08.

Análise Pesquisa Itacoatiara – Maio/2015

compartilhar

Após realizarmos 7 pesquisas para a eleição de prefeito de Manaus, que acontecerá em 2016, tomamos a iniciativa de selecionarmos 5 cidades que compõem a chamada Região Metropolitana de Manaus para compreender o sentimento do eleitorado do interior do Amazonas. E iniciaremos pelo município de Itacoatiara.

A população itacoatiarense possui um sentimento muito positivo em relação a viver nessa cidade. Dos 320 entrevistados, 51% estão muito felizes por morarem em Itacoatiara, apesar de todos os problemas que a cidade possa estar enfrentando.

Em Itacoatiara a presidenta Dilma Rousseff (PT) obteve uma aprovação de 27% entre os conceitos ÓTIMO e BOM, e uma rejeição de 39% entre RUIM e PÉSSIMO. O conceito REGULAR foi apontado por 33% dos respondentes e apenas 1% não soube dizer. Ou seja, os efeitos nacionais impactam e corroem a imagem de Dilma também nas cidades do interior. E a média final da sua administração é de 4,2, reprovada.

Dos 4 nomes propostos na ESTIMULADA para prefeito de Itacoatiara, quem lidera de maneira absoluta é Peixoto do PT, mostrando que o fato de o eleitor itacoatiarense não aprovar o governo de Dilma não significa necessariamente que ele não vote em um candidato do Partido dos Trabalhadores, situação que poderá acontecer em outras cidades pequenas do Brasil.

Ex-prefeito da cidade, Peixoto do PT é o primeiro com 38% das intenções de votos, seguido por Nelson Azedo, com 23% (que provavelmente não deverá ser candidato por causa de problemas judiciais).

Em terceiro vem Donmarques (14%), que já concorreu a prefeito de Itacoatiara por várias vezes, e na quarta e última colocação vem o atual prefeito Mamoud Amed, com 13%, que já esteve à frente do Executivo municipal de Itacoatiara desde a década de 1980. Os que rejeitaram todos os nomes somaram 10% e 2% não souberam dizer.

Mesmo conquistando 37% nos conceitos ÓTIMO e BOM, a administração do prefeito Mamoud Amed possui 39% de rejeição (PÉSSIMO e RUIM) e 23 % de REGULAR, o que lhe dá a média negativa de 4,7, ou seja, reprovação.

Quando perguntamos quem seria a segunda opção do eleitor itacoatiarense, observamos que o nome de Nelson Azedo (que foi o segundo colocado na ESTIMULADA 1ª Opção) obteve 37% das indicações de votos, apresentando, portanto, um potencial de votos de 56%; Peixoto do PT caiu para 19% (potencial de votos de 57%); Donmarques Mendonça foi para 18% (potencial de 32%), e Mamoud Amed obteve 10% (potencial de 23%).

Se não ocorrer uma eventual divisão das forças e houver somente três candidatos, o atual prefeito Mamoud Amed poderá ter uma pesada derrota, não pelos seus defeitos, mas pelas dificuldades generalizadas que as prefeituras do interior estão enfrentando. Cidades abandonadas, principalmente sem nenhum investimento em infraestrutura.

Quando perguntamos aos entrevistados quem eles rejeitam mais, foi natural que o mais citado tenha sido o atual alcaide, com 39% das intenções. E ao questionarmos aos participantes da pesquisa qual nome tem maior possibilidade de vencer – o que chamamos de percepção da vitória –, Peixoto do PT saiu de 38% e foi para 42%. E nesse quesito, percebemos que Mamoud é uma liderança, mesmo com sua rejeição, porque ele saiu dos 13% na ESTIMULADA 1ª Opção e passou para 29%. Isso nos mostra que a eleição deve se polarizar entre esses dois (ao menos este é o quadro momentâneo).

Por fim, quanto à avaliação da administração do governador José Melo na cidade de Itacoatiara, ele obteve 43% de ÓTIMO e BOM, 20% de RUIM e PÉSSIMO, 33% de REGULAR e 5% não souberam responder.

Comentários