6 de setembro de 2016 às 16:44.

Estraçalhamento à vista

compartilhar

Bombas, tiros, granadas, ataques terrestres, fluviais e aéreos estão prontos para serem lançados na campanha eleitoral.

O tom ainda calmo e pacífico deixará de ser a tônica no teatro de operações. Há bastante munição para despejar sobre os eleitores, vítimas civis dos efeitos colaterais desta guerra. Quanto mais agressivas forem as batalhas, maiores serão as reações de parte a parte.

O sangue é a essência disfarçada do processo eleitoral.

Comentários

error: Conteúdo de propriedade de Durango Duarte, protegido contra cópia.