29 de julho de 2016 às 17:40.

Ficar para que?

compartilhar

Um jovem com 18 anos de idade me perguntou, objetivamente, se vale à pena ficar no Brasil ou melhor seria arriscar e sair pelo mundo para estudar e trabalhar?

De bate pronto e com muito medo de errar, arrisquei um cenário para 2022 (último ano do futuro presidente do Brasil) como base argumentativa.

A Lava Jato ainda é pauta de julgamento no STF e alguns dos condenados de hoje já estão em liberdade e felizes, viajando pelos quatro cantos do planeta.

A corrupção não diminuiu e as diferenças sociais permanecem do mesmo jeito.

As nossas universidades públicas vivem em greve e o trabalho na área de ciência e tecnologia é uma ficção científica.

A reforma política é uma cantilena sem fim, a previdência social sem solução, a reforma tributária é para inglês ver e as olimpíadas de hoje mais um desperdício de dinheiro.

Os competentes e preparados deixam o país dia após dia e este jovem se puder escolher, não deveria ter dúvidas.

O Brasil é muito legal, mas não merece frustrar o futuro da juventude inteligente e cheia de ideais.

Comentários

error: Conteúdo de propriedade de Durango Duarte, protegido contra cópia.