2 de novembro de 2015 às 12:00.

A nova agenda da ONU para o Desenvolvimento Sustentável

compartilhar

Em setembro, todos os países-membros que compõem a Organização das Nações Unidas (ONU) assinaram a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, contendo 17 objetivos globais que buscam, nos próximos 15 anos, acabar com a extrema pobreza, reduzir as desigualdades e injustiças e conter a mudança climática, entre outras metas.

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) vêm para substituir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODMs), agenda adotada no ano 2000 para erradicar a pobreza mundial e que vigora até o fim de 2015. Ao contrário dos ODMs, a Agenda 2030 foi elaborada diretamente pelos estados-membros e a sociedade civil, por meio de amplas consultas realizadas no mundo, processo iniciado na Conferência Rio+20.

A participação dos municípios será imprescindível para que esses objetivos globais sejam alcançados, pois, segundo o presidente da Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), Márcio Lacerda, prefeito de Belo Horizonte (MG), é no ambiente das cidades que se identificam os principais desafios e demandas por serviços públicos. Por isso, será indispensável que os projetos municipais estejam sintonizados com a Agenda 2030.

Comentários

error: Conteúdo de propriedade de Durango Duarte, protegido contra cópia.