Categorias
Cotidiano

Comunistas com pensamento de capitalistas de Wall Street

Preocupado com a desaceleração econômica no país, o Partido Comunista chinês aboliu a política do filho único, em vigor desde 1979. A partir de agora, todos os casais poderão ter dois filhos. Além de estimular a economia, a medida visa corrigir o desequilíbrio entre homens e mulheres e conter o envelhecimento da população chinesa, que hoje é de mais de 1,3 bilhão de habitantes.

Por Durango Duarte

Nascido em Cachoeira do Sul/RS veio com sua família para Manaus em 1975. Empresário, pesquisador, publicitário e autor de livros.