29 de dezembro de 2015 às 08:40.

Governadores poderão apoiar volta da CPMF

compartilhar

Na tarde de ontem (28), os chefes de Executivo de dez estados e do Distrito Federal — o Amazonas não se fez presente — se reuniram com o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, e apresentaram o recibo da conta para convencer deputados e senadores de suas regiões a reeditarem o imposto com o qual o governo federal espera cobrir gastos da Previdência Social. Embora sem consenso, a maioria está disposta a mobilizar as bancadas no Congresso Nacional em 2016 em prol da recriação da CPMF. A medida antipopular — que vai doer no bolso do cidadão em um ano de crise projetada maior do que a de 2015 — teria como contrapartida do Palácio do Planalto a aprovação de uma série de medidas que deem mais autonomia e recursos aos cofres estaduais e municipais.

Comentários

error: Conteúdo de propriedade de Durango Duarte, protegido contra cópia.