19 de novembro de 2015 às 09:00.

O livro de FHC é meramente comercial

compartilhar

Afinal, FHC disse ou não disse a frase “esqueçam o que escrevi”? A polêmica do momento em todos os cantos do universo político, é o livro “Diário da Presidência”, do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Nele FHC narra, sob a sua ótica, episódios ocorridos durante o seu período como presidente do Brasil e os políticos daquela época. A opinião de FHC serve como referência do que tem de verdade sobre cada um dos atores políticos citados no livro? Penso que não, o próprio FHC já foi vitima ao lhe atribuírem a frase “Esqueçam o que escrevi”, o que lhe deu muito trabalho para desmentir. Em seu livro há personagens que ele elogia e outros que defenestra. Como sociólogo FHC peca ao não contextualizar ou conferir as razões de cada um e o momento de cada fato. Em cada episódio narrado, não há qualquer preocupação com causas e consequências. Parece o diário de um adolescente.

Comentários

error: Conteúdo de propriedade de Durango Duarte, protegido contra cópia.