28 de dezembro de 2015 às 14:30.

Parlamento chinês aprovou domingo (27), o fim da política do “filho único”

compartilhar

Segundo a agência estatal de notícias Xinhua, o Congresso Nacional Popular da China – Parlamento chinês – permitirá, a partir do dia 1º de janeiro de 2016, que todos os casais do país tenham dois filhos.

A aprovação encerra mais de três décadas de uma controvertida política demográfica no país mais populoso do mundo.

Comentários

error: Conteúdo de propriedade de Durango Duarte, protegido contra cópia.