16 de novembro de 2015 às 08:30.

Rio maravilha

compartilhar

Inspirada nas ruas e avenidas de Paris, a Avenida Rio Branco, no Rio de Janeiro – na época Avenida Central –, foi inaugurada em 15 de novembro de 1905, no governo do prefeito Pereira Passos. Com 1800 metros de extensão e 33 metros de largura, a avenida deslocou pessoas, derrubou construções antigas e ganhou prédios com fachadas parecidas com as encontradas na capital francesa, resultado de um concurso de fachadas, cujas regras ditavam construções ao estilo de Paris.

As obras foram iniciadas em março de 1904. Não demorou a se tornar a mais importante via de circulação, lazer e economia da cidade. Teve destaque também pela arquitetura dos prédios que a cercavam, alvos de elogios.

Em 21 de fevereiro de 1912, o nome da avenida foi mudado para Rio Branco, em homenagem ao Barão do Rio Branco, diplomata brasileiro que havia morrido em 11 de fevereiro, e fora responsável por tratados que garantiram as fronteiras brasileiras em conflitos com países vizinhos.

Comentários

error: Conteúdo de propriedade de Durango Duarte, protegido contra cópia.