11 de dezembro de 2014 às 11:47.

O início da carreira de Calderaro

compartilhar
Em 24 de junho de 1949, Umberto Calderaro Filho inicia sua trajetória polêmica.

Trecho da matéria do Jornal A Crítica:

“Nesta ocasião o nosso diretor bateu na própria cara três vezes, dizendo ‘bata se você for homem’ e como o covarde agressor se mexia para naturalmente fazer a ‘fita’ que ia puxar o revólver, o nosso diretor sem perder tempo deu-lhe um seguríssimo murro, e quando aquela massa de cretinagem abatia-se em função do murro, o nosso diretor aplicava-lhe uma violenta ‘gravata’, continuando a fazer um carnaval da focinheira do indivíduo; nesta ocasião o sr. José Tiburcio Alves, gerente deste ‘onzeorino’, entrava em cena dando ainda uns demorados bofetes naquela cara de nojo, que não merecia mais desmoralização. O patife, cujo nome faz tremer até a mais réles meretriz, sacou o revólver e apontando para Calderaro disse ‘vou matar todo mundo’.”

Comentários

error: Conteúdo de propriedade de Durango Duarte, protegido contra cópia.