6 de fevereiro de 2015 às 13:00.

Série Histórica das Eleições de 1976

compartilhar

TEMPO ESQUENTA NA ASSEMBLEIA

  1. Sampaio critica até o Presidente
  2. Sávio chamou líder de comunista
  3. Bancada do MDB retira-se da casa
  4. Belo diz que a oposição é fujona
  5. Aquino ri e critica e aplaude DS

O líder do Movimento Democrático Brasileiro, deputado Paulo Sampaio, na sessão de ontem, da Assembleia Legislativa amazonense fez um pronunciamento que foi considerado pelo Deputado José Belo Ferreira como agressivo, e subversivo, pois o deputado Paulo Sampaio dizia que no Brasil não há liberdade e fazia também uma série de acusações contra o Presidente da República.

O documento não foi entregue à Mesa Diretora dos trabalhos legislativos, embora tenha o deputado José Belo Ferreira pedido cópia.

Após Paulo Sampaio ler seu documento, foi aparteado pelo deputado José Belo Ferreira (ARENA) que disse ser aquele pronunciamento bastante agressivo à Nação Brasileira acrescentando que se o Movimento Democrático chegar um dia à direção do Poder Executivo, embora afirme que solucionaria os problemas do povo amazonense, principalmente o da falta de carne, certamente nada resolveria, pois os deputados emedebistas só têm é muita conversa.

Por sua vez  o deputado Domingos Sávio Ramos de Lima, da ARENA, revidou os ataques contra o governo arenista feito pelo líder da oposição, afirmando que Paulo Sampaio era subversivo, pois segundo documentos teria participado de um movimento de apoio a Fidel Castro.

Domingos também achou o pronunciamento de Paulo Sampaio comprometedor à Nação, pois as palavras escritas por Paulo Sampaio feriram a dignidade do Presidente da República e das outras autoridades constituídas do país.

Concluindo seu pronunciamento, Domingos Sávio disse que na próxima segunda-feira vai provar com documentos que o líder emedebista é subversivo.

Diante do contra atraque da Aliança Renovadora Nacional, Paulo Sampaio retirou-se do plenário, juntamente com os outros deputados de sua bancada em sinal de protesto.

Após alguns minutos voltou ao plenário o deputado José Costa de Aquino, ocasião em que o deputado Domingos Sávio se encontrava na tribuna da ARENA, revidando as palavras de Paulo Sampaio.

Aquino riu e aplaudiu o pronunciamento de Domingos Sávio em afirmar que no MDB havia parlamentares que em vez de procurar resolver os problemas do povo, ficavam se embriagando nos bares. Em aparte o deputado José Costa de Aquino disse ao deputado Domingos Sávio que realmente no partido oposicionista havia um vereador que era bebedor contumaz, mas não chegou a mencionar nomes.

Vale ressaltar que embora o clima da sessão de ontem tivesse em forte tensão, os trabalhos decorreram em ordem, sob a presidência do deputado Gláucio Gonçalves, da Arena.

Transcrição do Jornal do Commercio de 23 de outubro de 1976, p. 05.

This site is using SEO Baclinks plugin created by Cocktail Family

Comentários