29 de fevereiro de 2016 às 08:12.

A Borracha LXXVI

compartilhar
Conjuntamente, vem em aumento o consumo mundial de borracha, não obstante os aperfeiçoamentos dos pneumáticos modernos, que tinham vida média representada por 6,5 a 8 mil quilômetros em 1921, e na década de 1940, alcançaram 40 a 60 mil quilômetros em condições normais.
O consumo de borracha pela indústria, dependente como era do transporte motorizado, tornava-se grandemente susceptível de flutuações em longo prazo, pois que, em períodos de prosperidade, os pneumáticos eram substituídos por novos com maior frequência, ao passo que, em tempo de depressão, se utilizam mais longamente e se recorria mais vezes ao recapeamento ou recauchutagem.
Todas ou quase todas as nações do mundo possuíam sua indústria de artefatos de borracha, porém apenas 40 consumiam em escala apreciável, que lhes desse lugar nas estatísticas internacionais.
 

Comentários

error: Conteúdo de propriedade de Durango Duarte, protegido contra cópia.