17 de fevereiro de 2022 às 10:51.

Estimativa de investimentos nas plataformas digitais em 2022

compartilhar
Estimativa de investimentos nas redes sociais

Em pleno 2022, não dá mais para negligenciar a necessidade das empresas em investir nas mais diversas plataformas digitais disponíveis.

Inclusive, essa é uma decisão que tende a deixar empresários, literalmente, fora do jogo, visto que os concorrentes – seja em qualquer setor econômico – marcam presença, investindo nesse formato.

Bom, dito isto, é hora de entender qual a estimativa de investimento nas principais plataformas digitais em 2022.

Todas as informações abaixo foram validadas por uma pesquisa realizada pela WARC.

Tik Tok

Uma das mais recentes plataformas digitais, o Tik Tok é um verdadeiro fenômeno, principalmente quando o assunto é o público mais jovem.

É de lá que surgem os principais memes da internet, e é onde as famosas “dancinhas” viralizam de forma frenética.

Obviamente, as marcas estão presentes e, claro, de olho em cada nuance do Tik Tok e a previsão de investimentos em 2022 mostra muito bem isso.

Em números percentuais, há um indicativo de 84% mais investimentos, 13% mesmos investimentos e apenas 3% menos investimentos.

Facebook, Instagram e YouTube

Essa tríade de plataformas digitais já tem um belo percurso na internet, haja vista que o próprio Facebook acabou de completar 20 anos (parece que foi ontem, não é mesmo!?).

As empresas seguem firmes com os investimentos nessas plataformas, afinal de contas, existem excelentes oportunidades de negócio e elevadas taxas de retorno.

Agora, vamos aos percentuais:

Facebook:

37% Mais investimentos

45% Mesmos investimentos

18% Menos investimentos

Instagram:

64% Mais investimentos

34% Mesmos investimentos

2% Menos investimentos

YouTube:

66% Mais investimentos

31% Mesmos investimentos

3% Menos investimentos

Google

Investir em anúncios no Google é sempre uma ótima alternativa e, por isso, é muito importante ter um planejamento estratégico que envolva a elaboração de campanhas para essa plataforma.

O mundo inteiro acessa, a todo instante!

Não é por acaso que dentro da estimativa de mais investimentos, há uma expectativa de 59%.

Já os mais conservadores representam 38% e pretendem manter os mesmos investimentos de 2021.

Por fim, apenas 2% projetam uma diminuição dos investimentos no Google.

LinkedIn

Talvez você não saiba, mas – hoje – o Linkedin não é apenas uma plataforma de procura de emprego.

Pelo contrário, o Linkedin é uma grande rede social, em que são abordados os mais diversos assuntos, de modo que o network acontece a todo instante e, obviamente, as marcas estão sempre por lá.

Volta e meia, temas variados são viralizados na plataforma, sendo diferentes dos que viralizam nas outras redes sociais.

A diferença, sem dúvidas, é a profundidade com que os temas são abordados e discutidos.

Pois bem, é hora de falar de investimentos!

As empresas projetam um aumento de 48%, uma manutenção de 46% e uma redução de 6%.

Spotify

Quem ainda acredita que no Spotify só tem música, está redondamente enganado.

Nesta plataforma, o que está em alta são os Podcasts, não apenas no Brasil, mas no mundo inteiro.

Recentemente, inclusive, todos puderam ver a polêmica envolvendo o apresentador estadunidense Joe Rogan, que apresenta o podcast com maior audiência do mundo, atraindo diversos patrocinadores.

Há uma expectativa muito grande de crescimento da plataforma, haja vista que o número de podcasts vem aumentando consideravelmente no mundo, ou seja, há milhões de ouvintes espalhados pelo planeta.

Previsões para 2022: 47% mais investimentos, 47% mesmos investimentos e 6% menos investimentos.

Twitter

Para finalizar, é hora de falar do Twitter, que tem a projeção menos animadora com relação às demais plataformas.

Sim, há uma expectativa de 23% mais investimentos, 54% mesmos investimentos e 23% menos investimentos.

De toda forma, é interessante avaliar o custo x benefício, antes de descartar o investimento nesta rede social.

Comentários