26 de julho de 2016 às 10:15.

Nota de esclarecimento

compartilhar

Nota de Esclarecimento

Indivíduos inescrupulosos, criminosos digitais, todos os anos em que ocorrem pugnas eleitorais, escondidos em perfis fakes no Facebook ou por intermédio de conhecidos portais de penas de aluguel, tentando criar factoides a serviço de uma ou mais candidaturas, soltam pesquisas falsas e atribuem, criminosamente, a mim ou a minha empresa, sua autoria.

A “pesquisa” que ora circula, não foi realizada por minha empresa. São números fantasiosos, produto de ilusão e manipulação.

Não satisfeitos, na tola tentativa de me atingir, faltam-me com o respeito, que apelação! Todos serão interpelados judicialmente. Calúnias, ofensas, difamações, toscas tentativas de enlamear o meu nome, não sairão impunes.
Fatos como este já dão o tom de como será a eleição deste ano, a eleição da baixaria, da agressividade, da mentira, da covardia.

Qualquer tipo de pesquisa que esteja sendo divulgada e não tenha sido registrada no TRE é crime previsto em lei. Quem as divulga, ainda que sob a suposta malandragem de “vazou”, é crime. Ou seja, quem o faz comete crime eleitoral e, por certo, sofrerá as sanções legais.

Curiosamente a notícia divulgada como sendo do Blog Do Generoso , não consta no referido Blog. Mais curioso ainda, é a chamada da suposta matéria, que não coincide com o layout programado para o Blog do Generoso – caixa alta -, tanto da postagem quanto das notícias.

Para finalizar o rol de curiosidades, as informações do perfil do Amazonas Sem Censura no Facebook apresentam algumas descrições, dentre elas: “O objetivo não é caluniar e nem difamar, mas debater temas políticos e dar espaço para que o sentimento popular se manifeste, ou seja, cada cidadão poderá expor o seu real sentimento sobre tais temas”. A página que não tem subscritor prega o que não pratica.

Não entrarei em polêmica, nem bate-boca com quem quer que esteja a serviço de quem quer que seja.

Lamento que isso esteja ocorrendo.

Comentários

error: Conteúdo de propriedade de Durango Duarte, protegido contra cópia.