24 de novembro de 2015 às 10:06.

Audiências públicas, efeito zero

compartilhar

A sociedade civil organizada do Amazonas se caracteriza pela desorganização, pouco preparo e qualificação. Como, por exemplo, quando convocada para debater determinadas temáticas de interesse da cidade. É o caso do Plano de Mobilidade Urbana (PlanMob), cujas audiências públicas se iniciam hoje, a partir das 14h, no Plenário Adriano Jorge da CMM e terminarão no dia 3 de dezembro.

Audiências públicas só existem para o cumprimento da ritualística, aparentemente democrática, que valida os projetos do Poder Executivo, o resultado obtido é de quase total inutilidade.

Qual será a proposta apresentada nas audiências que poderá ser incorporada ou alterada ao Plano de Mobilidade Urbana original? Provavelmente, nenhuma. Mas isso não é de responsabilidade do Executivo, a sociedade civil organizada do Amazonas é amorfa. Quem viver verá.

Comentários

error: Conteúdo de propriedade de Durango Duarte, protegido contra cópia.