18 de outubro de 2020 às 08:00.

Eleições 2020: 4ª Pesquisa Registrada da Perspectiva

compartilhar

Nesta quarta rodada de pesquisas da Perspectiva para prefeito de Manaus, a maioria dos eleitores (27,3%) disseram que utilizam, pelo menos neste momento, os aplicativos de mensagens instantâneas, como WhatsApp e Telegram, para se informarem sobre a campanha eleitoral.

A televisão ficou com a segunda colocação, com 22,8%, enquanto as mídias sociais, como Facebook, Twitter e Instagram, foram a terceira opção mais mencionada, com 13,3%. Em seguida, vêm os jornais impressos (6,6%), e os sites, portais e blogs (6,1%). Outro dado interessante é que 14,1% disseram não acompanhar a corrida eleitoral.

Essa falta de interesse do manauara com o universo político é demonstrada mais fortemente na outra pergunta, quando 63,7% disseram não ter nenhuma participação na vida política do município, ao mesmo tempo em que a atividade mais citada é somente compartilhar notícias sobre a cidade pelas mídias sociais, com 13,5%.

Este comportamento é a combinação de descaso com o exercício da cidadania e com o voto consciente. E mesmo com todos os problemas do cotidiano, a maior parte dos eleitores (17,3%) citou o amor como o sentimento mais forte que eles possuem em relação à cidade. O mais negativo foi a decepção, com 8,8% das menções.

PERGUNTA ESTIMULADA

Em relação à semana passada, Amazonino Mendes segue na dianteira, porém, desceu de 31,6% para 30,8%. David Almeida subiu 0,4% e se mantém na segunda posição, com 17,6%. A terceira colocação permanece com José Ricardo, que cresceu 0,3% e está com 9,4%.

Mesmo perdendo 0,2%, Alfredo Nascimento continua no quarto lugar, com 6,3%, à frente de Capitão Alberto Neto, que subiu de 6,1% para 6,2%, e de Ricardo Nicolau, que é o sexto, com 5,8%. Neste universo de pequenas oscilações, o candidato que mais cresceu foi o Ricardo Nicolau, subindo de 4,8% para 5,8%, mas seguindo na sexta posição.

Coronel Menezes ficou em sétimo, com 3,6%. Depois, vem Chico Preto em oitavo lugar, com 2,5%, seguido por Romero Reis, com 1,4%, e, empatados na última posição, Gilberto Vasconcelos e Marcelo Amil, ambos com 0,2% das intenções. Nulos e brancos caíram de 12,7% para 11,2%, e os indecisos subiram de 4,6% para 4,8%.

 

REJEIÇÃO

Com 24,5% e 23,5%, respectivamente, Amazonino e Alfredo permanecem com os maiores percentuais de rejeição. José Ricardo é o terceiro, com 7,2%, David Almeida o quarto, com 4,4% e Ricardo Nicolau o quinto, com 3,6%.

Os demais percentuais de rejeição foram os seguintes: Capitão Alberto Neto, com 3,2%; Coronel Menezes, com 3,0%; Chico Preto, com 2,7%; Gilberto Vasconcelos, com 2,2%; Romero Reis, com 1,3%, e Marcelo Amil, com 1,2%.

Dos participantes da pesquisa, 11,8% disseram rejeitar todos os nomes e 11,4% responderam não rejeitar nenhum dos concorrentes.

 

PERGUNTA ESPONTÂNEA

Na pergunta espontânea, que é uma forma de abordagem na qual não são apresentados os nomes dos candidatos e o entrevistado fala o que lhe vem à cabeça quando é questionado em quem pretende votar, Amazonino continua como o primeiro, subindo de 13,6% para 16,6%. David Almeida vem na segunda posição, com 8,0%, seguido por José Ricardo, com 4,0%. Alberto Neto subiu para a quarta colocação, com 3,2%, ultrapassando Alfredo, que ficou no quinto lugar com 3,1%.

O Ricardo Nicolau cresceu 0,9% e agora é o sexto na espontânea, com 2,9%. Coronel Menezes caiu para a sétima posição, com 2,5%. Chico Preto e Romero Reis estão empatados com 0,7% e, fechando a classificação, Marcelo Amil, com 0,2%, e Gilberto Vasconcelos, com 0,1%.

Nulos e brancos na espontânea desceram de 9,1% para 7,9%, o mesmo ocorrendo com o número de indecisos, que diminuiu de 55,3% para 50,1%.

 

CHANCE DE VITÓRIA

Perguntamos aos participantes qual o concorrente que eles acreditam ter a maior chance de se tornar prefeito de Manaus, independentemente dos candidatos em quem votariam. Com 60,2%, Amazonino Mendes é percebido pelos participantes como o favorito a vencer a eleição. Não existe relação de proporcionalidade entre esta resposta e a intenção de votos. O segundo mais mencionado foi David Almeida, com 12,5%, e o terceiro foi Alfredo Nascimento, com 5,8%. Dos entrevistados, 10,7% não souberam dizer.

 

POLÍTICO DE “ESQUERDA” OU DE “DIREITA”

O candidato que é mais visto pelo eleitor de Manaus como político mais de esquerda é José Ricardo, com 24,7% das citações, e Alfredo Nascimento é o segundo, com 8,7%. O que demonstra a elevada falta de conhecimento dos candidatos e dos conceitos ideológicos que defendem. Já entre os considerados mais de direita, Amazonino e Capitão Alberto Neto foram os mais citados, com 11,7% e 11,5%, respectivamente.

INFORMAÇÕES OBRIGATÓRIAS
A pesquisa foi executada com recursos próprios da Perspectiva e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número AM-05472/2020, com 1.000 entrevistas na cidade de Manaus, nos dias 12 e 13 de outubro. A margem de erro é de 3,1%, para mais ou para menos, com grau de confiabilidade de 95%, o que significa dizer que se fossem feitas 100 entrevistas com a mesma metodologia, 95 estariam dentro da margem de erro prevista.

Clique aqui e veja o relatório completo.

Comentários