14 de junho de 2022 às 10:30.

Marketing digital deve ser a chave para o crescimento de PMEs

compartilhar

Marketing digital deve ser a chave para o crescimento de PMEs. É o que aponta o Guia de Investimento em Marketing, da RD Station. Segundo o estudo, as PMEs devem apostar em criar comunidades, investir no marketing plural e gerar conexão com vendas.  

O relatório mostra que o investimento no ambiente digital no Brasil em 2021 foi 74,2% maior em comparação com 2020 e 2019. Já nos Estados Unidos, 72% dos investimentos já foram no meio digital em 2021. 

Neste cenário de digitalização e ampliação dos canais digitais, as PMEs devem aproveitar o potencial digital para impulsionar o crescimento dos negócios. Aqui no blog, você pode ler sobre Os três principais pilares da transformação digital e Os canais com maior potencial para explorar no mercado digital em 2022

Neste artigo, vou destacar os potenciais do marketing digital e estratégias para as PMEs priorizarem no orçamento. Acompanhe!

Quais são os potenciais do marketing digital?

Por mais que ainda existam incertezas em relação à regulamentação de privacidade, com a implementação da LGPD no Brasil, e dos desafios que surgem, as marcas estão cada vez mais conscientes de que o digital é o caminho a ser seguido.

Veja estes dados globais que reforçam a tese:

  • Vídeos continuam sendo um formato em crescimento acelerado, com aumento de 50,8% nos investimentos em 2021, em comparação com 2020.
  • Impulsionado pelo crescimento dos podcasts, o formato em áudio registrou o maior aumento, com percentual de 57,9%. 
  • A publicidade em mídias sociais registrou um aumento de 39,3%, crescimento que deve seguir, sobretudo nas plataformas da Meta e anúncios no TikTok.

Um dado que chama atenção é que, em 2021, um percentual de 56% das empresas fizeram alocação ou realocação de orçamento mensal ou trimestral. Em 2022, este número deve subir para 66%.

3 Estratégias de marketing digital para priorizar em 2022 no orçamento

Para impulsionar os resultados nos negócios, os estudos apontam as três estratégias para priorizar no orçamento:

  1. E-mail e automação de marketing. É possível contar com ferramentas que permitem o uso das duas estratégias em conjunto. O e-mail marketing é um canal direto com a audiência e tem muita efetividade. A automação, nesse sentido, reduz trabalhos manuais.
  1. Posicionamento no Google. A principal procura do público é por soluções para resolver necessidades e problemas. Por isso, é fundamental investir na produção de conteúdo e na otimização de mecanismos de buscas (SEO) para ter um bom posicionamento das páginas da sua empresa.
  1. Anúncios em mídias sociais. Por último e não menos importante, a estratégia de fazer anúncios para promover seu conteúdo e atingir a audiência continua sendo uma das mais eficazes. As plataformas disponibilizam recursos para atingir diversos objetivos, desde reconhecimento de marca, tráfego até o fechamento da compra. (Saiba mais em: Os 5 pilares de campanha de mídia paga).

Mas como as PMEs devem definir o orçamento para o marketing?

A decisão deve ser tomada com base em dados e conhecimento. Não adianta se basear em ‘feeling’ ou intuição. 

Uma prática antiga no mercado é dizer que ideal é algo entre 3 e 5% do faturamento, mas a RD Station teve dados de empresas que investem mais e conseguem ótimos retornos. Aqui vão algumas dicas para o setor de marketing estipular ao propor o investimento:

  • Faça o diagnóstico da situação atual;
  • Determine os objetivos para atingir com o marketing;
  • Estipule projetos e ações para atingir os objetivos;
  • Construa um cronograma das ações.

(Fonte: RD Station/Mundo do Marketing)

Agora que você já sabe que o marketing digital deve ser a chave para o crescimento das PMES, é hora de sentar e traçar seu planejamento. Aqui no blog, você encontra mais dicas de como explorar os recursos e estratégias no mundo digital. Acompanhe!

Comentários