24 de junho de 2022 às 09:05.

Por que os brasileiros se comunicam com as marcas através dos apps de mensagem?

compartilhar

Você acompanhou aqui no blog que o Panorama Mobile Time/Opinion Box – Mensageria no Brasil divulgou os dados sobre o uso de apps de mensagens mais utilizados pelos brasileiros. Neste texto, entenda o motivo de os brasileiros se comunicarem com as marcas através dos apps de mensagem.

Para compreender esse contexto, a pesquisa perguntou aos entrevistados quais eram as finalidades ao se comunicar com as marcas e empresas através dos aplicativos mais utilizados. As respostas foram as seguintes:

WhatsApp

  • Tirar dúvidas/pedir informações: 79%
  • Receber suporte técnico: 69%
  • Receber promoções: 55%
  • Comprar produtos e serviços: 53%
  • Cancelar serviços: 47%
  • Não acham adequado se comunicar com marca através do app: 4%

Messenger

  • Tirar dúvidas/pedir informações: 54%
  • Receber suporte técnico: 38%
  • Receber promoções: 44%
  • Comprar produtos e serviços: 39%
  • Cancelar serviços: 27%
  • Não acham adequado se comunicar com marca através do app: 21%

Telegram

  • Tirar dúvidas/pedir informações: 60%
  • Receber suporte técnico: 51%
  • Receber promoções: 58%
  • Comprar produtos e serviços: 41%
  • Cancelar serviços: 32%
  • Não acham adequado se comunicar com marca através do app: 12%

A partir das informações coletadas pela pesquisa, é possível apontarmos algumas conclusões importantes: 

  • O WhatsApp, já consolidado como principal app de comunicação P2P (Peer to Peer), também se estabelece como protagonista no autoatendimento e relacionamento entre marcas e consumidores.
  • O Telegram tem avançado de forma rápida na construção de comunidades temáticas, com potencial para difusão de informação em massa, seja de teor político, cultural ou social.
  • O Messenger, por sua vez, não tem se estabelecido, sendo cada vez menos usado na comunicação P2P, com pouco espaço para marketing, vendas e suporte técnico.

Pagamento através de app de mensagem

A pesquisa também destacou dados sobre a possibilidade de pagamento feito diretamente pelo app, o WhatsApp. Em seis meses, a plataforma aumentou sua base de usuários com cartão cadastrado, saindo de 7% para 17%. Destes, 65% afirmaram ter realizado pelo menos uma transferência de dinheiro pelo mensageiro.

No entanto, o recurso tem mostrado pouca força para enfrentar o sucesso da transferência via Pix e apenas 20% da base acreditam que é mais fácil realizar transferência pelo WhatsApp.

Entre aqueles que não cadastraram cartões no mensageiro, 45% dizem não ter interesse no serviço e 31% não confiam no app para esta finalidade.

E o Instagram?

De acordo com a pesquisa, 59% dos usuários se comunicam com marcas através do direct do Instagram. A prática é mais comum entre as mulheres (65%). Dentre as finalidades para conversa, os motivos mais comuns estão: 

  • Tirar dúvida ou receber informações:  80%
  • Comprar produtos e serviços 66% 
  • Receber promoções 66%;  
  • Receber suporte técnico: 51%

Como sabemos, a rede social tem um potencial gigante como canal de marketing e vendas, faltando uma ferramenta de pagamento direto para uma experiência mais completa. 

(Fonte: Panorama Mobile Time/Opinion Box)

Através de dados como os apresentados acima, é possível ter bons insights sobre a forma como as marcas podem usar os aplicativos para potencializar suas vendas e melhorar o relacionamento com os clientes. Aqui no blog, você encontra outros conteúdos que podem auxiliar:

Comentários